Agenda

Aproveitando a semana da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, o Teatro Sérgio Cardoso e o Museu da Diversidade Sexual apresentam, em parceria, uma pequena mostra de espetáculos.

“Trava” nasce como uma tentativa de direito de resposta. Um corpo travesti, um corpo bixa, uma mulher que após processos constantes de destruição, de opressão e mudez, assume o seu espaço de voz. No repertório, Chico Buarque, Rômulo Fróes, Batatinha, Consuelo Velázquez, Letícia Bassit, entre outros, em interpretações que redimensionam os discursos a partir de um corpo político, que diz, canta e grita suas mazelas e prazeres. Liberar a trava, desfazer os nós e dançar com a morte para se reconhecer viva.

Quarta-Feira às 19h | Duração: 60 minutos | Classificação: 14 anos | Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

performer Marina Matheus bateria e voz Felipe Chacon piano e voz Rodrigo Zanettini baixo Breno Barros direção geral, roteiro e textos Marina Matheus direção musical Felipe Chacon e Rodrigo Zanettini produção musical Felipe Chacon arranjos Marina Matheus, Felipe Chacon, Rodrigo Zanettini e Breno Barros Preparação vocal (da performer) Paula Del Rio desenho de luz Olivia Munhoz técnico de som João Candau maquiagem Lilith Prexeva produção Gabi Gonçalves | Corpo Rastreado foto Everton Ferreira

Programação sujeita a alteração.

Veja mais